Acessibilidade

[Entrevista] Customer Solutions Design - CSD

17 janeiro 2018

André Fradinho, Tender Center & Customer Solutions Design Manager da GEFCO Portugal, responde a quatro perguntas sobre inovação e cadeia de abastecimento em logística.

P: Qual a importância do desenvolvimento de soluções logísticas inovadoras nas organizações?

A logística é uma função abrangente e complexa de elevado impacto nos padrões de vida da sociedade atual. Esta tem sido alvo de severas transformações ao longo das últimas décadas e a sua importância no seio das organizações cada vez mais expressiva.

Nos mercados maduros, onde o crescimento orgânico dificilmente se verifica, o impacto na redução dos custos logísticos acaba por ser tão ou mais relevante do que o aumento das vendas. A habilidade de pensar e de criar soluções verdadeiramente inovadoras torna-se, deste modo, obrigatória.

P: Como é que a GEFCO se preparou para dar resposta a este tipo de desafios?

Com um universo tão amplo e abrangente associado ao supply chain – sourcing, armazenagem, distribuição, gestão de inventário, transporte, logística e planeamento – a GEFCO sentiu a necessidade de criar um departamento exclusivamente dedicado à análise de soluções operacionais para: 1) projetos na área da otimização de transportes e modelação das respetivas redes, 2) análise de processos e metodologias, 3) otimização de rotas, 4) design (ou redesign) de cadeias logísticas e 5) novas metodologias de pricing.

P: Qual a metodologia aplicada na análise das soluções operacionais?

O objetivo do desenvolvimento deste departamento passa por capacitar a GEFCO no que concerne ao levantamento de um conjunto de requisitos realizado nos nossos clientes, e posterior proposta de solução de valor acrescentado com impacto direto nos seus custos logísticos. Com uma metodologia assente numa abordagem sistémica, isto é, onde todas as funções e/ou atividades, associadas à cadeia logística dos nossos clientes, são analisadas pelo impacto que geram noutros elementos, é possível otimizar cada uma delas per se por forma a construir um sistema logístico eficaz e eficiente.

P: Qual o motor do sucesso desta abordagem?

A otimização do desempenho da cadeia logística dificilmente pode ser alcançada sem a integração dos diversos elementos, ou seja, fornecedores, clientes e operadores logísticos, através de uma base de confiança e partilha de informação. É este jogo de soma não nula que irá permitir identificar verdadeiros cenários de colaboração onde o total das partes será, decididamente, maior do que o todo.

O sucesso deste tipo de abordagem depende, em grande medida, do reconhecimento da existência de uma dependência mútua entre os diversos elementos da cadeia de abastecimento, bem como da divisão de benefícios entre as diferentes partes envolvidas. Desta forma, a GEFCO convida os seus clientes a discutirem a logística sob um prisma diferente, desafiando-os a repensar os tradicionais paradigmas entre os diversos elementos de uma cadeia logística.

Partilhe